Doe para manter a versão nacional       Assine a edição local de Uberlândia

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA
Instituto Eu Quero Viver
quinta-feira, 20 setembro, 2007 15:13

A cidade cresce

 
 
 
Pedro Reis/FarolCom
 
   
  Vista a partir da torre da Igreja N.S. do Rosário e São Benedito em Uberlândia MG  
     

O progresso de uma cidade se dá por um conjunto de fatores, que incluem arrecadação de tributos gerados pelos habitantes e empresas e uma gestão responsável desses recursos por seus gestores.

Não é obra deste ou daquele, principalmente se o "daquele" só aparece para fazer panfletagem com gibizinhos coloridos que não fazem outra coisa senão confundir e iludir.

Venho a estas páginas sempre que um assunto provoca algum tipo de atentado contra a minha inteligência. É esse o motor que me impulsiona a criar alguma coisa. Quando uma cidade recebe recursos federais e estaduais para somarem-se aos seus próprios é porque o gestor municipal está cumprindo com suas obrigações.

Cartazes pela cidade afirmando que Uberlândia cresce com dinheiro federal é uma blasfêmia, considerando o modo como o material está sendo divulgado.

Primeiro: - Quem está promovendo a tal propaganda, nunca fez qualquer coisa de concreto pela cidade a não ser gritar e brandir o punho, imprimir gibizinhos com frases soltas, no mais puro estilo esquerda mofada.

Segundo: - O dinheiro federal que entra, precisa das contrapartidas, ou seja, ao contrário do que diz o cartaz, o governo federal, não é Papai Noel. Há obrigações e muitas para serem cumpridas pelo município.

Ora, se o gestor do município consegue as verbas é porque faz juz legalmente a elas e está entregando as obras para a população, ou seja, está fazendo a lição de casa.

As escolas, postos de saúde, novas, ampliações e reformas; centros de atendimento ao idoso, centros esportivos e mais uma centena de obras prontas e em andamento, são fruto da visão administrativa de longo alcance. O prefeito não está imprimindo gibizinhos, está trabalhando e muito. Pessoalmente eu visito todas as inaugurações e volto depois para conferir o resultado. As coisas funcionam.

Curiosamente o articulador em Brasília é do partido dos críticos, mas trabalha pelo bem da cidade e soma com o prefeito porque age dentro daquilo que os orçamentos pré-votados e a lei permitem. Eu não sei se eles se gostam pessoalmente, mas vejo com meus olhos que tem havido muito profissionalismo e espírito público em benefício da cidade e de seus moradores.

Governar é uma arte e depende de inúmeros fatores entre eles a capacidade administrativa e a sabedoria para construir relacionamentos frutíferos. É com a diplomacia e a firmeza que se constroem acordos.

Já faz muito tempo que eu aprendi a discutir questões, a ceder ou avançar considerando todos os lados. Bater o pé e fazer birra é imaturidade.

Nada contra os divergentes, mas fica muito claro que o único propósito é ocupar espaço denegrindo a capacidade gestora do ocupante do cargo, que aliás se não me falha a memória, foi eleito pelo povo e tem cumprido suas promessas.

Não existe ser humano, que esteja de posse de um cargo mandatário, em qualquer época da história que resolva tudo e conserte tudo. Mas há os que fazem melhor que a média. O estilo pinoquiano-maquiavélico é um modelo cansado e vale lembrar que quem quer fazer de verdade a diferença, trabalha incessantemente e realiza concretamente. Daí se for o caso e na época adequada pode até vir a pleitear um posto de governo.

Nós que somos o povo de Uberlândia, não queremos conversa, nem discurso, queremos trabalho e estamos vendo o trabalho. E isto é um artigo e não uma tese de doutorado.

ARTIGOS | OUTROS ARTIGOS DESTE AUTOR

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Considere contribuir com o nosso trabalho!!! Obrigado!!!

Últimas no FarolCom

Veja também

Mapas do Triângulo

Meteorologia

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest