Doe para manter a versão nacional       Assine a edição local de Uberlândia

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA
Instituto Eu Quero Viver
sábado, 3 novembro, 2007 15:50

Sobre o leite

 
 
 
ilustração
 
   
  Leite adulterado com soda cáustica e água oxigenada  
     

Quem de vós dará uma pedra ao filho que pede pão? Ou uma serpente ao que pede um peixe? Se vós então, que sois maus, sabeis dar boas coisas a vossos filhos, quanto mais vosso Pai que está nos céus dará boas coisas aos que lhe pedirem!” Mateus 7, 9-11

Estávamos a beber leite batizado sem sabermos há quanto tempo? Não eu, porque não consumo tal produto, mas fiquei pensando nos pais e mães que do suor do rosto e eu conheço muitos, privando-se de algum luxo ou vontade se apressam em estocar o leite em casa para que os filhos bebam e cresçam com saúde. Inocentes genitores.

Faz-se alarde sobre o que alguns fizeram com o leite e é justo que se apure com todo o rigor e punam-se exemplarmente os autores da vil façanha.

Faz-se necessário porém uma atenção redobrada, retriplicada, requadruplicada sobre aquilo que hoje em dia chamamos de alimento, seja o do corpo, o da mente ou o do espírito.

O leite adulterado é o retrato fiel da crise institucional do pais, há muita coisa adulterada no nosso dia-a-dia, há gasolina adulterada, há condutas adulteradas, há um país inteiro para se redesenhar.

Particularmente, acredito que vivemos uma época em que as grandes mazelas que ficavam entre quatro paredes, vazam e por conta disso ganhamos a possibilidade de eliminá-las e montar guarda para que não ocorram novamente.

Significa prestar muito mais atenção ao conjunto de coisas que são despejadas sobre nós e desenvolvermos um saudável espírito crítico, para que nossa verdade interior, prevaleça sobre o senso comum de que o que serve para uns serve para todos. Significa vencer a preguiça de querer tudo pronto e embalado e praticar o hábito da pesquisa, do perguntar, do informar-se.

Virar as costas para o lixo que produzimos, porque o caminhão leva, não basta. É preciso saber para onde ele vai e se está causando algum problema há alguns metros da nossa casa. É varrer mais a calçada e usar menos a mangueira, é prestar atenção ao conteúdo ao invés de consumir rótulos.

Enfim precisamos amadurecer enquanto povo para que votemos corretamente, compremos corretamente, cumpramos nossas obrigações corretamente e cobremos postura, compromisso e ética de tudo e todos ao nosso redor, inclusive de nós mesmos. Porque aí poderemos falar de consciência limpa em direitos. O nosso e o dos outros.

“Quem de vós dará um DVD pirata ao filho alegando economia? Sem saber se há trabalho escravo, infantil ou o crime organizado que tanto nos incomoda, por trás desse gesto tão "simples"? Ou soda e água oxigenada ao que pede leite?

ARTIGOS | OUTROS ARTIGOS DESTE AUTOR

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Considere contribuir com o nosso trabalho!!! Obrigado!!!

Últimas no FarolCom

Veja também

Mapas do Triângulo

Meteorologia

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest