Doe para manter a versão nacional       Assine a edição local de Uberlândia

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal


Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA

#zikazero | CLIQUE AQUI, SAIBA MAIS E PARTICIPE | #zikazero
A sociedade mobilizada para vencer a luta contra o mosquito

Instituto Eu Quero Viver

domingo, 23 maio, 2010 19:35

Coragem política é sair da mesmice


 
 
  Roosewelt Pinheiro/ABr Valter Campanato ABr  
   
  Aécio Neves Marina Silva  
     

Permito-me este exercício de liberdade de pensamento, pois acredito que a nossa hora como país, não é polarizar entre o "velho A" ou o "velho B", mas de darmos uma resposta vigorosa à necessidade de mudança que o nosso Brasil precisa. Acima de partidos e pelo bem e pelo progresso de nós todos.

Os vinte e dois anos de regime militar e os vinte e quatro anos de democracia, resultaram a meu ver em uma profunda, embora não generalizada, "opinião pastelenta" sobre política no Brasil. A ditadura silenciou o surgimento de novas lideranças e a democracia ressuscitou apenas os que sobraram do período anterior.

O discurso dessa leva de gente é rançoso, antiquado e revanchista, misturando democracia com vingança sobre assuntos mal resolvidos por eles mesmos no passado.

Será que o Brasil moderno, da era Google e Twitter, quer mesmo ficar ouvindo essa lenga lenga reacionária que sai da boca de muitos e que em minha opinião deveria estar restrita aos tribunais e às partes, sob a égide da legislação vigente e nada mais. Houve excessos de ambas as partes, mas o Brasil de hoje é outro.

Enquanto isso a carruagem andava e em Minas, nascia Aécio Neves e no Acre, Marina Silva. Dois dos muitos brasileiros na melhor idade para pensar e governar e cada um com características muito interessantes e boa formação.

Aécio Neves governou por sete anos Minas Gerais e revolucionou a máquina do estado, modernizou a visão das instituições e foi extremamente criativo para tirar Minas da paralisia que a acometia. Fez parceria com o Google, asfaltou todas as estradas estaduais, levou água e saneamento ao Jequitinhonha, fez mais. Um estrategista competente. Marina Silva, senadora, ministra do meio ambiente, lutou bravamente pela preservação da floresta que a viu nascer e foi reconhecida no mundo todo. Obteve o maior índice de preservação da Amazônia da nossa história, recebeu o maior prêmio das Organização das Nações Unidas (ONU) na área ambiental - o Champions of the Earth (Campeões da Terra) - concedido a personalidades como o ex-vice-presidente dos Estados Unidos, Al Gore. Fechou empresas devastadoras, preocupou-se com os índios. Uma lutadora.

Acredito eu, que estas duas cabeças governando o Brasil, colocariam verdadeiramente o país numa vanguarda nunca vista na nossa história. Um homem extremamente hábil que sabe construir equipes e uma mulher respeitadíssima no mundo inteiro por sua postura sempre firme e verdadeira. Ambos são jovens e milagreiros. Porque governar a Minas que Aécio Neves pegou no início do primeiro mandato e preservar a Amazônia como fez Marina Silva, é obra de gigantes.

São brasileiros novos, sem ranço e que representam os anseios dos brasileiros de hoje em idade produtiva. Não iriam resolver todos os problemas, mas cresceram junto com a guinada evolucionista do mundo, sabem que a modernidade precisa andar de mãos dadas com a justiça social. E arrisco um palpite, os dois seriam capazes de envolver a grande massa de gente que está com o grito de "Muda Brasil de uma vez para sempre" na garganta. Seriam os nossos Obamas, a virada na roda que o Brasil ainda não deu. Um divisor de águas entre a política velha que se arrasta desde o Império e a política nova que enxerga o mundo na dimensão que ele tem hoje.

Respeito de toda forma, os outros que se acotovelam pelo tão cobiçado cargo, mas creio que o tempo deles já passou.

E precisa ser muito mineiro para pensar numa reviravolta completa, que chacoalhe as estruturas velhacas que atravancam o salto quântico que o Brasil pode e deve dar. Uma dobradinha Aécio / Marina, derruba todas as cracas que infestam nossa política nos dias de hoje e lotam as páginas de nossos jornais.

E como isso é um exercício de liberdade de pensamento, acredito que a nossa hora como país, não é polarizar entre o "velho A" ou o "velho B", mas de darmos nossa resposta vigorosa à necessidade de mudança que o nosso Brasil precisa. Acima de partidos e pelo bem e pelo progresso de nós todos. Cabe-nos cuidar pelo voto de não recolocar nas cadeiras aqueles que mamam desavergonhadamente nas tetas da Nação.

ARTIGOS | OUTROS ARTIGOS DESTE AUTOR

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.


Considere contribuir com o nosso trabalho!!! Obrigado!!!

Últimas no FarolCom

Veja também

Mapas do Triângulo

Meteorologia

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest