Doe para manter a versão nacional       Assine a edição local de Uberlândia

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA
Instituto Eu Quero Viver
sábado, 31 julho, 2010 17:20

Lula fala em conceder asilo a Sakineh

 
 
 
Divulgação
 
   
  Sakineh Mohammadi Ashtiani  
     

Seis dias atrás, eu sentei diante desse meu companheiro quase inseparável e escrevi um artigo, onde solicitava do governo brasileiro, asilo para a mulher iraniana Sakineh Mohammadi Ashtiani.

Dois dias depois ouvi o presidente Lula, dizendo que não iria promover ingerência num país estrangeiro e que era necessário respeitar a soberania e coisas afins. Senti uma dose de frustração, ao mesmo tempo que entendia o papel dele como governante.

Hoje sim, o homem falou o que eu e milhões no mundo ocidental queriam ouvir, falou como estadista num tom absolutamente diplomático e sereno.

Durante comício de Dilma Rousseff em Curitiba, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que o Brasil pode abrigar a mulher condenada à morte pelo governo iraniano por ter cometido adultério.

“Apelo ao líder supremo do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, que permita ao Brasil conceder asilo a esta mulher”

Lula disse que aprendeu a negociar em sua carreira política e defendeu o diálogo entre as nações em busca da paz mundial.

Faça isso senhor presidente e seu apelo ganhará o éco de todos nós que acreditamos na liberdade e ao mesmo tempo respeitamos o Irã e suas leis. Se ela não pode viver lá, que venha para cá e seja bem recebida e continue professando sua fé e vivendo uma nova vida.

E faço côro com suas palavras, sabedor que é a vontade de muita gente que por formação acredita e professa o direito inalienável à vida. Eu também apelo ao líder supremo do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, que permita ao Brasil conceder asilo a esta mulher”.

Mas cabe ainda, prezado senhor presidente, que no Brasil, a Lei Maria da Penha seja cumprida com mais rigor, que o ECA seja mais respeitado também, para que nossas crianças e adolescentes e as nossas anônimas "Sakineh" do Brasil, tenham resguardada a integridade. Não depois do crime acontecido, mas antes, para que ninguém mais tenha coragem, ou se sinta tão à vontade para cometer barbaridades e depois ficar "interpretando" a lei para se safar, dando canseira na Polícia e na Justiça e ganhando uma visibilidade inglória na imprensa.

E convido novamente meus leitores para engrossarem o côro pela libertação imediata de Sakineh Mohammadi Ashtiani, mostrando que não somos coniventes com nenhuma manifestação de violência, para termos autoridade moral de acabar com as violências. Construir o mundo dos sonhos só é possível com as pequenas atitudes de cada um. Seja no twitter no #ligalula (esse sim que merecia estar nos tops do twitter), seja assinando a petição no link acima, até que essa história tenha um bom final.

ARTIGOS | OUTROS ARTIGOS DESTE AUTOR

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Considere contribuir com o nosso trabalho!!! Obrigado!!!

Últimas no FarolCom

Veja também

Mapas do Triângulo

Meteorologia

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest