Doe para manter a versão nacional       Assine a edição local de Uberlândia

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA

#zikazero | CLIQUE AQUI, SAIBA MAIS E PARTICIPE | #zikazero
A sociedade mobilizada para vencer a luta contra o mosquito

Instituto Eu Quero Viver
terça-feira, 5 fevereiro, 2013 12:16

De incêndios e de enchentes

A população brasileira, de um modo geral, ter sido relegada ao segundo plano, durante um período muito longo, praticamente 5 séculos, talvez seja o motivo seminal do desinteresse profundo de uma parcela significativa, pelos bens, pelo patrimônio, pela história do país.

Talvez seja o evento da Derrama, que ficou impregnado no inconsciente coletivo da nação. "Seja líder e, no auge da batalha, seus pares te largarão na mão e a ti será reservada a forca".

Nos tornamos omissos, por que talvez, tomar atitude num país tão "paternalista" não seja tão bem visto. Afinal, pode pairar sobre a nossa cabeça a suspeita de que estamos querendo ocupar o lugar de quem manda.

Nos Estados Unidos a Derrama foi o evento do chá, a temperatura subiu e os ocupantes da nova terra foram "prás cabeças" e deu no que deu. Mesmo hoje com toda a "crise" que está por lá instalada, continua sendo o que é, a maior potência do mundo. Sem ufanismos, ok?

Por aqui, Tiradentes ainda balança na corda, a rainha malvada ainda olha de soslaio para os súditos e para conseguir viver de uma forma mais ou menos tranquila, um agrado aqui e outro ali a alguns dos seus lacaios ameniza as agruras.

Não por muito tempo é claro. "Agrado", não importa o tipo, não faz extintores funcionarem, nem garantem a durabilidade da ponte, nem o sistema de freio dos bondes, nem a drenagem das ruas e avenidas em dias de chuva, nem o atendimento no SUS, nem garantem vagas na escola. Num dado dia o acaso encontra o acaso e por acaso acaba em tragédia.

Quando a Kiss pegou fogo, bem da verdade, não falei nada sobre o incêndio, porque preferi rezar, na verdade tenho rezado muito pelas vítimas e pelos pais delas. Só quem perde um filho, sabe a dimensão da dor e do vazio. Por outro lado acompanhando o grande FEBEAPÁ sobre o caso que a meu ver só se resolveria à moda de Cingapura, Malásia e China. Procurar tragédias semelhantes nos registros da internet, dá ainda uma dimensão mais dramática do quanto somos despertencidos dos lugares onde vivemos.

Nesse país varonil repleto de melindres, de diplomacia, de hipocrisia, não é de estranhar que ninguém queira assumir a "responsa". Sem que eu possa generalizar, a corriola está tão emaranhada nela mesma, que quando acontece uma mer...cadoria desse tipo, trancam-se na sala com aquela cara de "ih funesceu" - nessa hora o "rio" seca, serão semanas ou meses sem poder receber "algum" para "ajudar no leitinho". E o povo levando na "butter field".

De Enchentes
No sábado (2) choveu por aqui, uma chuva daquelas, para fazer jus ao nome. Ao encontro do que estou escrevendo sobre avenidas de fundo de vale e a excessiva impermeabilização do solo urbano, me deparei com essa nota extraída da tese do arquiteto Fernando Mello Franco, coincidentemente recém empossado secretário municipal de desenvolvimento urbano de São Paulo:

"Em vez de buscar a superação dos vales por um numeroso conjunto de viadutos dispostos no sentido transverso aos mesmos, o modelo implantado acabou por privilegiar a implantação de avenidas de fundo de vale, associando o transporte à mesma lei de mecânica de fluidos que rege as águas da cidade: quanto mais largo e extenso um vale, maior a contribuição de sua respectiva bacia e maior a capacidade de carregamento do seu eixo principal." ("A Construção do Caminho", Mello Franco. F, 2005)

A cara da Rondon Pacheco, uma avenida de Uberlândia que a partir da BR 050 sentido Leste-Oeste atravessa a cidade, onde outrora corria um rio.

Acidentes e enchentes são prevenidos e evitados com planejamento e cumprimento das normas técnicas, que quem vai empreitar tem a obrigação de conhecer.

A população e as entidades representativas em geral, não discutiram o caráter e a localização da obra, porque na época era o modelo vigente, questionado na tese acima citada.

Ocorre que nessa e em outras ações equivocadas, cabe mais uma solução moderna (https://www.facebook.com/ecotelhadobrasil) do que crítica a quem fez. Adaptações não são a melhor opção para o desenvolvimento, salvo se cercadas por todas as normas técnicas e legais vigentes.

Memória e Atitude
Transformar uma casa numa rua estreita, cercada por três lados numa boate, me pareceu uma ideia imediatista e que resultou trágica. A adaptação impraticável que o jeitinho nacional tanto aprecia. A perda é muito maior porque 237 futuros não serão escritos, 237 possibilidades de pensamento e atitudes não acontecerão, salvo se nós todos, movidos a princípio pela vergonha de assistir essa tragédia, honrarmos a memória desses que se foram e agirmos, cada um dentro do seu conhecimento, para que mais nada na nossa vida seja feito de qualquer jeito, só pela pressa e pela perspectiva de lucro de curto prazo.

Um campo de futebol não é só o gramado onde acontece o jogo, mas toda a infraestrutura pertinente de mobilidade e segurança, então uma boate não pode ser apenas o salão onde acontece a festa, tem que ter infraestrutura.

Nessa linha, pense nas favelas, na ocupação de encostas, nas casas construídas na margem dos rios. Pense nas cidades, no quarteirão onde você mora. Olhe para a sua cidade e avalie se você é uma próxima vítima potencial do mal feito.

ARTIGOS | OUTROS ARTIGOS DESTE AUTOR

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Considere contribuir com o nosso trabalho!!! Obrigado!!!

Últimas no FarolCom

Veja também

Mapas do Triângulo

Meteorologia

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest