Contribua   Assine   ou Acesse nossa campanha no Apoia-se

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA

#zikazero | CLIQUE AQUI, SAIBA MAIS E PARTICIPE | #zikazero
A sociedade mobilizada para vencer a luta contra o mosquito

Instituto Eu Quero Viver
terça-feira, 4 janeiro, 2011 22:37

Narcio Rodrigues assume a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

 
 
 
Gil Leonardi/Secom MG
 
   
  Narcio Rodrigues e Alberto Portugal  
     

Foi realizada, na manhã desta terça-feira (4), em solenidade na Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves, a transmissão do cargo de secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais. Na ocasião, o deputado federal Narcio Rodrigues, novo secretário, anunciou que Evaldo Ferreira Vilela, atual secretário-adjunto, continua no posto.

Segundo Narcio, Minas Gerais vive um momento extraordinário e a área de Ciência e Tecnologia é estratégica. “O Sistema Mineiro de Inovação (Simi) é, hoje, uma das mais bem concebidas estratégias de governo colocadas em prática no Brasil. Alberto Duque Portugal realizou um trabalho extraordinário. O que nós vamos procurar fazer é seguir a plataforma que ele deixou construída, com boas sementes plantadas, permitindo que colhamos frutos para o povo mineiro”, afirmou.

Ao passar o cargo, o secretário que deixa a pasta, Alberto Portugal, falou da confiança que deposita no sucessor. “Sou muito otimista e tenho uma convicção forte de que o deputado vai dar uma contribuição decisiva na construção da proposta para inovação em Minas Gerais. Pela sua sensibilidade política, visão estratégica, ousadia e fé. Acredito que a vinda de Narcio Rodrigues para esta secretaria será extremamente profícua para Minas e para o Brasil”. O presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), Mário Neto Borges, acrescentou que o novo secretário tem também uma inserção internacional muito grande. “Nós acreditamos que isso vai potencializar muito o trabalho da Ciência, Tecnologia e Inovação em Minas Gerais”.

Em seu pronunciamento, Narcio Rodrigues lembrou que a secretaria é relativamente nova e que, construída na dificuldade, já foi periférica e, hoje, é uma das ferramentas mais importantes para as metas a serem alcançadas nos próximos anos. “Estou convencido de que muitas das soluções que o mundo busca passam, necessariamente, por investimentos em pesquisa e desenvolvimento científico e tecnológico”.

Segundo ele, as palavras “criatividade, inovação e ousadia”, repetidas seguidamente pelo governador Antonio Anastasia, durante a cerimônia de posse do secretariado, traduzem o papel da área: “Estimular a criatividade no governo, patrocinar a inovação e apostar na ousadia”, afirmou, acrescentando que a maior ferramenta para o desenvolvimento de um bom trabalho não será a ação isolada e solitária do secretário. “O que prevalecerá é a nossa capacidade de estabelecer diálogo com as universidades, academia, prefeituras, setor produtivo e empreendedores”.

Narcio ressaltou, ainda, que a decisão do governo Aécio/Anastasia de restabelecer a norma constitucional que prevê a destinação de recursos mínimos à Fapemig é um sinal claro de que este governo reconhece a importância estratégica do setor. “Isso tudo veio acompanhado de uma extraordinária e oportuna atuação governamental a favor da inovação, articulada pelo secretário Alberto Duque Portugal. Não é por outro motivo que a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes) conquistou o Prêmio Mineiro da Qualidade em 2010”, afirmou.

Ensino Superior
Uma das metas importantes a ser perseguida pelo novo secretário, Narcio Rodriques, é consolidar as universidades estaduais de Minas, especialmente a Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg), que, segundo ele, precisa ser definitivamente estadualizada. “Temos o compromisso com isso e com a ampliação da oferta ensino superior no estado, em parceria com todas as universidades públicas. Queremos que a ação da Ciência e Tecnologia, pelas mãos das universidades, possa ser em Minas uma ferramenta de transformação social. Vamos perseguir obstinadamente este objetivo”, garantiu.

Presente à solenidade, a secretária de Estado de Educação, Ana Lúcia Gazzola, afirmou que deposita muita confiança no novo secretário e que defende um trabalho integrado. “Propomos uma ação que envolva não só as secretarias de Educação e a Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, mas também a Juventude e o Trabalho. A melhoria da qualidade na educação em Minas é um horizonte que vamos perseguir constantemente”, afirmou.

Perfil
Narcio Rodrigues é natural de Frutal, no Triângulo Mineiro. Jornalista de formação, ele trabalhou com jornalismo e publicidade no Triângulo Mineiro. Eleito deputado federal pela quinta vez em 2010, Narcio Rodrigues se licenciou do cargo para ocupar a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes), cargo no qual foi empossado, nessa segunda-feira (3), pelo governador Antonio Anastasia.

Na Câmara dos Deputados, Narcio Rodrigues ocupou diversos cargos, entre eles a primeira vice-presidência e consequentemente a vice-presidência do Congresso Nacional, onde, por algumas vezes, assumiu a Presidência. Também no parlamento, foi vice-líder do PSDB; presidente da Comissão de Ciência, Tecnologia e Informática; e por mais de um mandato foi coordenador da bancada mineira no Congresso Nacional. Foi o único deputado a ocupar três vezes a presidência do PSDB em Minas Gerais.

Estabeleceu parcerias estratégicas com os ministérios da Ciência e Tecnologia; Cultura e Educação e esteve à frente de projetos como Rede Nacional de Paleontologia, Oficinas de Artes, Estradas Ecoturísticas, Viva Neves, Rede de Centros Vocacionais Tecnológicos, Centro Nacional de Cidadania Negra, Cenep e outros.

Também em sua trajetória política, demonstrou especial interesse pelas questões ambientais, realizando parcerias com diversas instituições e entidades, entre elas a Unesco, Green Cross, Fundação Carrefour e Fundação Cousteau. Idealizou e articulou a criação do Instituto Unesco-Hidroex - Fundação Centro Internacional de Capacitação e Pesquisa Aplicada em Águas, e ajudou a desenhar o projeto VerdeMinas.

Agência Minas

Veja o que já publicamos sobre o assunto

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Documento sem título
Considere contribuir com nosso trabalho

Últimas no FarolCom

Veja também

Mapas do Triângulo

Meteorologia

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest