Contribua   Assine   ou Acesse nossa campanha no Apoia-se

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA

#zikazero | CLIQUE AQUI, SAIBA MAIS E PARTICIPE | #zikazero
A sociedade mobilizada para vencer a luta contra o mosquito

Instituto Eu Quero Viver
quarta-feira, 3 outubro, 2012 23:18

Helibras e Polo Aeroespacial de Tupaciguara

Sectes/Divulgação
AX-2 Tupã, avião subsônico de seis lugares nos modelos comercial e executivo

Complexo Aeronautico de Minas decola com ampliação da Helibrás e liberação de recursos para polo de Tupaciguara. Polo Aeroespacial de Tupaciguara recebe recursos para instalação de laboratórios de pesquisa

O secretario Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Narcio Rodrigues, anunciou nesta quarta-feira (3/10/12), em cerimônia realizada na reitoria da Universidade Federal de Uberlândia, a liberação de R$10 milhões para investimentos na implantação de laboratórios de pesquisa aeroespaciais a serem construídos nas cidades de Tupaciguara e Uberlândia.

Esta iniciativa marca, juntamente com a inauguração da nova unidade da Helibras, em Itajubá, a decolagem efetiva do Complexo Aeronáutico de Minas Gerais. Por outro lado, integra um conjunto de ações do Governo do Estado para a consolidação da diversificação econômica do estado , através do desenvolvimento industrial, cientifico e tecnológico.

“Estamos dando decisivos passos para o Complexo Aeronáutico de Minas Gerais se consolidar com a vertente de cinco polos aeronáuticos que irá permitir que a indústria, a academia e o governo façam um pacto para o desenvolvimento de uma nova realidade no estado”, comemorou o secretario, revelando que recebeu telefonema do ministro da Educação, Aloisio Mercadante, comunicando a liberação da primeira parcela dos recursos originários de emenda da bancada mineira no Congresso Nacional.

O resultado final desta equação, destacou, será a geração de novos empregos. “Com a diversificação da economia, o estado amplia sua atuação para outras áreas além de mineração e siderurgia. Esta grande aliança entre Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Governo do Estado, Governo Federal e Axis, possibilita a entrada de Minas na sociedade de conhecimento, gerando, principalmente, empregos de qualidade”, acrescentou.

O desenvolvimento econômico da região e, consequentemente, de todo Estado, também foi ressaltado pelo reitor da UFU, Alfredo Júlio Fernandes Neto. “Nós, da Universidade, ficamos felizes em ajudar a promover o desenvolvimento social da nossa região, através desta parceria com o governo do estado.”

Projeto Educacional
Os recursos liberados nesta quarta-feira, pelo Ministério da Educação e Cultura, é a primeira parcela de um montante de R$50,5 milhões, originarios de emenda da bancada mineira no congresso Nacional. Eles serão investidos na aquisição de modernos instrumentos para equipar os laboratórios de engenharia aeronáutica da UFU e da empresa AXIS Aeroespacial, onde está sendo desenvolvido o protótipo do modelo AX-2 Tupã, avião subsônico de seis lugares nos modelos comercial e executivo. Nesta semana, Narcio Rodrigues recebeu telefonema do ministro da Educação, Aloisio Mercadante, comunicando a liberação dos recursos. Já o governo mineiro, investiu até agora, 7,2 milhões no desenvolvimento do protótipo desta aeronave.

Para Domingos Alves Rade, coordenador do curso de Engenharia Aeronáutica da UFU, o anúncio da liberação dos recursos irá alavancar as iniciativas para investimento na qualificação de mão de obra especializada no estado. “Este é um projeto importante na medida que fomenta a melhoria da qualidade de ensino ofertado em nosso estado. Minas promove a integração entre a formação dos profissionais, a demanda das empresas e o desenvolvimento tecnológico”, avaliou.

O apoio do Governo de Minas, da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e da FAPEMIG, na viabilização deste projeto educacional foi destacado pelo diretor presidente da AXIS, Daniel Carneiro. "A Fapemig foi a primeira instituição de fomento a pesquisa que acreditou na viabilidade de nosso projeto. Este trabalho tomou vulto não só por desenvolver o aspecto tecnológico, mas por ser um grande projeto educacional. A nossa parceria com a universidade não se da apenas na pesquisa, mas também na formação de pessoas.”

William Santos | Comunicação/Sectes MG

Veja o que já publicamos sobre o assunto

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Documento sem título
Considere contribuir com nosso trabalho

Últimas no FarolCom

Veja também

Mapas do Triângulo

Meteorologia

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest