Contribua   Assine   ou Acesse nossa campanha no Apoia-se

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA

#zikazero | CLIQUE AQUI, SAIBA MAIS E PARTICIPE | #zikazero
A sociedade mobilizada para vencer a luta contra o mosquito

Instituto Eu Quero Viver
quinta-feira, 15 novembro, 2012 23:47

Coreia do Norte surge como destino turístico

Cristian Fuenzalida
A Coreia do Norte, além de paisagens constituídas por vales e regiões montanhosas, concentra grandes arquiteturas produzidas pelo homem, como parques e prédios históricos

Ela é considerada a nação mais fechada do mundo. Pouco se sabe do que acontece lá dentro e até mesmo se os fatos divulgados pela televisão estatal são realmente verdadeiros.

A paixão popular pelo ex-líder norte-coreano Kim Jong-il pode parecer para muitos uma grande farsa. Apenas o que se vê na mídia são ameaças nucleares e disputas cheias de rivalidade com a irmã capitalista do sul.

Aos olhos de quem viaja, são visões que podem parecer superficiais e forjadas pela mídia ocidental. Mas como se pode descobrir como é a vida na Coreia do Norte? É realmente possível conferir tudo isso de perto?

Sim, é possível e mais fácil do que se imagina. Talvez não menos burocrático, porque tudo o que entra e sai de um regime fechado é fiscalizado. Logo, o turismo só é possível a partir de agências de viagens compactuadas com operadoras turísticas na Coreia do Norte. E embora seja um país comunista, o turismo por lá não é nada barato, visto que as operadoras cobram alguns milhares para fazer o serviço.

Outro detalhe curioso é que para se viajar para essas bandas, só é possível em grupo, já que a excursão é acompanhada por guias locais. Tanto que não é permitido vaguear pelas ruas sozinho. E as fotografias também devem ser cautelosas. Não que seja proibido bater fotos, mas dependendo do conteúdo, as autoridades governistas podem confiscar o material. Para evitar problemas, o guia informa quais áreas podem ser registradas.

Quanto à segurança pública, o turista pode ficar despreocupado. Segundo a agência KTG, uma das responsáveis por levar estrangeiros à terra do novo ditador Kim Jong-un, a Coreia do Norte é um dos países mais seguros do mundo. Realidade muito diferente das nações da América do Sul, onde o medo impede o aproveitamento das atividades cotidianas.

A Coreia do Norte, além de paisagens constituídas por vales e regiões montanhosas, concentra grandes arquiteturas produzidas pelo homem, como parques e prédios históricos. Cenários assim ganham uma beleza ainda mais cativante durante o inverno asiático. Museus e espaços de produção cultural também são parte da atração.

Descobrir novos destinos que vão além dos resorts em Cancun e das compras em Miami são características de um bom viajante, ou seja, aquele turista que quer entender outras culturas in loco, ultrapassando as imagens do senso midiático. São ideias assim que estão levando mais de três mil ocidentais anualmente a conhecer a Coreia do Norte e outros 40 mil chineses com o mesmo objetivo.

Leia outros artigos de Fillipe Alves Fillipe Alves especial para o FarolComunitário

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Documento sem título
Considere contribuir com nosso trabalho

Últimas no FarolCom

Veja também

Mapas do Triângulo

Meteorologia

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest