Contribua   Assine   ou Acesse nossa campanha no Apoia-se

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA

| Dengue, Zika e Chikungunya no Caderno Saúde |
A sociedade mobilizada para vencer essa luta

Agro | Negócios & Economia

Ecopontos, Feiras-Livres e outros serviços em Uberlândia
domingo, 13 novembro, 2011 18:16

Rendimento e qualidade do café são destaques no Congresso Brasileiro de Pesquisas Cafeeiras

 
 
 
IMA / arquivo
 
   
     

Evento acontece em Caxambu (MG) uma das mais tradicionais regiões produtoras de café do país. Benefícios AgCelence proporcionam aumento médio de 10% em produtividade por hectare

A BASF, uma das principais fabricantes de defensivos agrícolas do País, tem investido continuamente em pesquisa e no desenvolvimento de tecnologias inovadoras para aumentar a produtividade nas lavouras de café.

Os mais recentes resultados obtidos com a aplicação dos produtos com benefícios AgCelence serão divulgados pela empresa durante o 34º Congresso Brasileiro de Pesquisas Cafeeiras em Caxambu (MG), que acontece de 4 a 7 de novembro de 2008.

Um dos destaques é o aumento da produtividade por hectare, maior quantidade de grãos cerejas e peneiras 17, com o uso dos fungicidas Opera e Cantus, proporcionados pelos efeitos fisiológicos positivos nas plantas, como folhas mais verdes e sadias, maior tolerância ao estresse, grãos maiores e maturação mais uniforme.

Durante o evento, a BASF também apresentará outros produtos da linha de defensivos para controle das principais pragas e doenças nas lavouras cafeeiras. Dentre eles, o inseticida Counter® 150 G, importante no manejo das principais pragas de solo do cafeeiro, principalmente nematóide, e o fungicida Opus SC, com ação preventiva e curativa e de longo período residual para o controle da ferrugem do cafeeiro.

Para Hugo Centurion, Gerente de Café e Citros de Proteção de Cultivos da BASF, o investimento correto define a maior ou menor produtividade para o produtor. “O uso de defensivos modernos que atuam não só no controle de doenças, mas que interfiram positivamente na fisiologia do cafeeiro faz uma grande diferença na produtividade esperada pelo cafeicultor no final da colheita. Além disso, assegura maior lucratividade para o cafeicultor”.

34º Congresso Brasileiro de Pesquisas Cafeeiras
De 4 a 7 de Novembro, Caxambu (MG) será sede do importante evento que reunirá empresas, institutos de pesquisas, universidades, cooperativas e associações de cafeicultores. Serão apresentados trabalhos de pesquisa sobre diversos assuntos ligados à cultura do café, como pragas, doenças, mudas, plantio, tratos culturais, adubação, poda, irrigação e colheita. Serão discutidos em palestras temas como a produtividade na lavoura, certificação e renovação de cafezais, além do lançamento de duas novas variedades de café.

*Os defensivos agrícolas apresentados neste texto são produtos registrados pela BASF, com exceção do produto Counter 150 G registrado pela AMVAC.
*Com referência às restrições estaduais, do Distrito Federal e municipais: vide rótulo e bula dos produtos.

www.agro.basf.com.br
www.basf.com

CL-A Comunicações

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Documento sem título
Considere contribuir com nosso trabalho

Últimas no FarolCom

Veja também

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest