Contribua   Assine   ou Acesse nossa campanha no Apoia-se

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA

| Dengue, Zika e Chikungunya no Caderno Saúde |
A sociedade mobilizada para vencer essa luta

Agro | Negócios & Economia

Ecopontos, Feiras-Livres e outros serviços em Uberlândia
 
domingo, 1 fevereiro, 2009 19:33

Girolando apoia fórum sobre meio ambiente; ministro vai ouvir sugestões dos produtores

 
 
 
CNPM Embrapa
 
   
  Alcance territorial da Legislação Ambiental foi tema de uma das palestras do II Fórum  
     

A Associação Brasileira dos Criadores de Girolando garante apoio à realização do Fórum de Legislação Ambiental – Aplicação e Sustentabilidade, que acontece dia 9 de fevereiro em Uberaba (MG).

A promoção leva a assinatura do Sindicato dos Produtores Rurais de Uberaba, da Federação da Agricultura de Minas Gerais (Faemg), e do Núcleo dos Sindicatos Rurais do Triângulo Mineiro, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas.

Já confirmaram presença, entre outros, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Reinhold Stephanes; os secretários de Estado de Minas Gerais, José Carlos Carvalho (Meio Ambiente) e Gilman Viana Rodrigues (Agricultura, Pecuária e Abastecimento); a presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), senadora democrata Kátia Abreu, e o presidente da Faemg, Roberto Simões.

Objetivo do fórum – segundo os promotores do evento, é discutir a questão ambiental e apresentar propostas do setor produtivo para a formatação de políticas públicas voltadas para o meio ambiente, tanto na esfera federal quanto estadual.

“Temos que buscar uma preservação ambiental sustentável – para todos os lados, de forma que o meio ambiente saia ganhando, mas, sem prejudicar o processo produtivo” – avalia o presidente da Girolando, José Donato Dias. De acordo com ele, existe uma tendência, quase generalizada, de se imaginar que o meio ambiente não é uma preocupação dos produtores. “Trata-se de uma premissa totalmente falsa” – destaca José Donato.

Segundo o dirigente da Girolando, o produtor rural é sensível às questões ambientais, e, sem alardes, está sempre atuando na defesa da qualidade de vida. “O que não agrada aos produtores é a radicalização de algumas medidas, que acabam beneficiando apenas um lado, em detrimento da produção” – ressalta José Donato.

Entre os temas que estão provocando insatisfação no campo, e devem receber abordagem no fórum de Uberaba, está a política nacional sobre reserva legal. A lei diz que é preciso deixar uma parte da vegetação natural em cada propriedade rural para que o ecossistema seja protegido. Os ruralistas contestam os índices que são obrigados a reservar.

Giselda Campos | Comunicação/Girolando

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Documento sem título
Considere contribuir com nosso trabalho

Últimas no FarolCom

Veja também

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest