Contribua   Assine   ou Acesse nossa campanha no Apoia-se

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA

| Dengue, Zika e Chikungunya no Caderno Saúde |
A sociedade mobilizada para vencer essa luta

Agro | Negócios & Economia

Ecopontos, Feiras-Livres e outros serviços em Uberlândia
quarta-feira, 2 maio, 2012 21:36

Santander avalia impulso nas vendas durante a Agrishow

 
 
 
Divulgação
 
   
  Segundo a CNA - Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil, o faturamento bruto da produção agrícola em 2012 deve atingir a cifra de R$ 196,4 bilhões  
     
 

+ Notícias de Agrishow 2012

Visite o site

Acompanhe no twitter

Acompanhe no Facebook

Veja também:
Fenicafé 2012
Expozebu 2012

 

O bom momento das commodities agropecuárias devem impulsionar as vendas durante a Agrishow 2012, avalia Santander

Produção nacional de grãos da safra 2011/2012 deve alcançar 158.433 milhões de toneladas

Banco aumentou em 30% o contingente de pessoal para atender a demanda da feira

Segundo a CNA - Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil, o faturamento bruto da produção agrícola em 2012 deve atingir a cifra de R$ 196,4 bilhões.

É com esse cenário positivo, que o Santander chega otimista à Agrishow 2012. O banco terá uma equipe 30% maior que ano passado, com engenheiros agrônomos e gerentes especializados para atender a demanda.

“Em 2011, a Agrishow gerou R$ 1,5 bi em propostas de negócios. O potencial da feira é enorme. Para este ano, acreditamos que esse número possa se ainda maior. Para a Conab - Companhia Nacional de Abastecimento, a produção nacional de grãos da safra 2011/2012 deve alcançar 158.433 milhões de toneladas. Com mais produção, há necessidade de mais máquinas. A Câmara Setorial de Máquinas e Implementos Agrícolas da Abimaq estima que o faturamento com a venda de equipamentos deve crescer de 10% a 15% em relação a 2011. Ou seja, é um terreno fértil para bons negócios”, analisa Walmir Fernandes Segatto, Superintendente de Agronegócios do Santander.

Na avaliação do executivo, os produtores de soja e milho, cana, pecuária de corte, serão as vedetes da feira este ano, apesar de estar positivo o cenários geral.

Essa é a 15ª participação do Santander na Agrishow. Para fazer frente a este cenário, o Santander disponibiliza um portfólio de produtos para atender às mais variadas demandas do setor, que vão desde uma consultoria financeira completa, até o acompanhamento e gestão em todos os produtos e serviços. Destaca-se como o único banco privado a oferecer a Cédula de Produto Rural (CPR).

Estrutura Santander para a feira
O Santander chega à Agrishow com 375m² de área construída, obedecendo itens de construção de um estande sustentável.

Construído sob uma tenda galpão, sua estrutura é feita de madeira certificada FSC e vidros. O pé direito alto, favorece a entrada de iluminação e reduz o consumo de energia elétrica. As paredes são forradas e reaproveitadas, toda tinta ou verniz utilizados são à base de água e os materiais de comunicação (banners e placas) são feitos com materiais reutilizáveis e em quantidade adequada, evitando desperdício. Também houve a preocupação em garantir a acessibilidade a portadores de necessidades especiais em todo o estande.

Nas entradas de acesso à feira e no próprio estande do Santander, serão instalados coletores de pilhas e baterias, que ao final do evento, serão recolhidas e destinadas corretamente.

Todo CO2 que gerado no estande do Santander, incluindo o deslocamento de funcionários até a Agrishow, será compensado com plantio de árvores através do Programa Floresta Santander.

Produtos para produção, estoque, máquinas agrícolas e seguros

1 – Linhas de Investimento com Recursos do BNDES

São linhas de crédito para diversas atividades e equipamentos: aquisição de máquinas e equipamentos, correção de solos, sistematização de várzeas, implantação e melhoramentos de pomares, florestas e culturas de flores, beneficiamento de frutas, sistemas de irrigação e armazenamento. As grandes oportunidades são os financiamentos de máquinas e equipamentos através do PSI e as varias formas de financiamento que a linha ABC proporciona, ambas a taxa de 5,5% aa.

2 - Financiamentos Diferenciados

a) Financiamento para cooperativas – Fornece recursos às cooperativas de produtores rurais para compra de insumos usados nas explorações rurais e seu posterior fornecimento aos cooperados.

b) Funcafé – Custeio, Colheita, Estocagem e FAC – São quatro modalidades de financiamentos destinadas aos produtores rurais, suas cooperativas, beneficiadores, agroindústrias e exportadores, abrangendo todas as fases da cadeia produtiva. O Santander é o maior repassador do fundo no Brasil.

3 - Financiamento de Custeio

a) Cédula de Produto Rural – CPR – O Santander é o único banco privado a oferecer essa linha de crédito, que permite ao produtor rural e suas cooperativas anteciparem parte da receita futura prevista com a produção agrícola ou pecuária, utilizando assim os recursos para aquisição dos insumos e outras despesas. É a melhor alternativa de financiamento para médios e grandes produtores.

b) Custeio Agrícola e Pecuário – Linhas de crédito de baixo custo com prazos compatíveis ao ciclo operacional do produtor rural. Destinam-se a financiar as despesas relacionadas à lavoura (fertilizantes, defensivos, mão-de-obra, etc.) ou à pecuária (sal mineral, ração, medicamentos, etc.). Abrange tanto cultivos anuais como perenes e todas as atividades pecuárias.

c) Custeio Integração – Financia a parceria existente entre as agroindústrias e produtores de aves e suínos, com diversos diferenciais com relação ao capital de giro tradicional oferecido.

4- Linhas de Comercialização

a) Estocagem de Produtos (EGF) – Financiamento para indústrias, beneficiadores e cooperativas que industrializam a produção agropecuária, permitindo a formação de estoques de matéria-prima. Para os produtores rurais, é uma excelente alternativa no carregamento do estoque para venda na entressafra, quando os preços agrícolas costumam ser mais atrativos.

b) Linha Especial de Crédito (LEC) – Seu principal objetivo é assegurar às cooperativas, beneficiadores e agroindústrias os recursos necessários para financiar a aquisição de produtos agrícolas com condições diferenciadas, apoiando assim a colocação dos produtos rurais no mercado.

c) Desconto de Nota Promissória Rural (NPR) – Crédito que permite ao produtor rural e cooperativas antecipar o valor dos títulos resultantes de venda a prazo de sua produção. Para contratá-lo, é preciso ser fornecedor de uma das agroindústrias conveniadas ao Santander e apresentar os títulos emitidos.

5) Seguros Rurais

a) Seguro Máquinas e Equipamentos: É destinado à proteção do maquinário utilizado na propriedade rural, de diversos tipos e portes, e garante uma indenização em decorrência de qualquer evento de causas externas. O seguro pode ser contratado por um ano, sendo renovado automaticamente. Suas parcelas são debitadas em conta corrente.

b) Seguro Canavial: uma modalidade que protege as plantações de cana-de-açúcar no período do corte ou plantio até 310 dias ou com a colheita (o que ocorrer primeiro). Os custos com a produção canavieira são muito altos e envolvem uma série de fatores para o resultado nas lavouras como: boas condições de clima, gastos com adubo, trabalhadores para a colheita ou maquinário especializado, caminhões para transportar a cana, etc. Com o seguro, o produtor garante indenizações sobre perdas causadas nas plantações de cana de açúcar, em caso de ocorrência de incêndio. Funciona como um seguro de custeio, pois cobre despesas com o preparo de tratos culturais essenciais para manutenção da cultura. Esse serviço é dirigido a produtores e proprietários rurais.

c) Seguro Colheita Protegida: cobre prejuízos causados à lavoura provocados por fenômenos naturais, como: Incêndio, Raio, Tromba d’água, Ventos Fortes, Granizo, Chuvas Excessivas, Seca, Geada e Variações Excessivas de Temperatura. Garante a indenização sobre a produtividade de sua lavoura, em caso de eventuais ocorrências climáticas cobertas. Possibilita, ainda, a contratação da cobertura de “Replantio” exclusivo para Granizo, Chuva Excessiva e Tromba d’água" que consiste no pagamento de indenização em caso de perda de área produtiva no período de replantio.

d) Seguro Granizo: indeniza o produtor rural sobre danos decorrentes da ação do granizo sobre a lavoura. É um seguro de custeio, que cobre despesas com tratos culturais essenciais para manutenção da cultura. Está disponível para Frutas – Pêssego, Nectarina, Uva de Mesa, Uva de Vinho, Goiaba, Figo, Maçã, Pêra, Laranja e Caqui.Também para Olerícolas – Cebola, Alho e Pimentão.

e) Seguro de Granizo com adicional de geada: indeniza o produtor rural sobre danos decorrentes da ação de granizo sobre a lavoura, disponível também a cobertura adicional de Geada. É um seguro de custeio, pois cobre despesas com tratos culturais essenciais para manutenção da cultura. Esta disponível para culturas de grãos: Soja, Milho, Sorgo, Feijão, Girassol, Canola, Trigo, Triticale, Centeio, Aveia e Cevada. Também Olerícolas- Tomate de Mesa e Indústria e Café.

f) Seguro Pecuário Rebanho: É destinado aos Bovinos de Produção, Cria, Recria, Engorda e aos destinados ao Consumo que possua identificação individual. Essa modalidade cobre rebanhos a partir de 100 animais com aptidão para carne ou para leite. Na cobertura básica de vida, os principais riscos cobertos são: acidentes, doenças, partos, abortos, eletrocussão, envenenamentos, incêndios, asfixia, entre outros. Além da cobertura básica, há opções de coberturas especiais que expandem a possibilidade de proteção e auxilio nos custos, em situações emergenciais.

Mais informações:

www.santander.com.br
twitter.com/santander_br

Elaine Fantini Salles Imprensa/Santander

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Documento sem título
Considere contribuir com nosso trabalho

Últimas no FarolCom

Veja também

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest