Contribua   Assine   ou Acesse nossa campanha no Apoia-se

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA

| Dengue, Zika e Chikungunya no Caderno Saúde |
A sociedade mobilizada para vencer essa luta

Agro | Negócios & Economia

Ecopontos, Feiras-Livres e outros serviços em Uberlândia
sexta-feira, 27 março, 2015 - 9h39

Substituição de aditivos na dieta melhora carne de leitões

   

Na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), pesquisa avaliou os efeitos dos ß-ácidos do lúpulo (Humulus Lupulus L.; Cannabaceae) sobre o desempenho e a qualidade da carne de suínos.

O trabalho do pesquisador Maicon Sbardella teve como objetivo apresentar alternativas naturais aos aditivos sintéticos.

A inclusão do lúpulo na dieta do animal aumentou o ganho de peso, reduziu o conteúdo de gordura da carne e as altas inclusões preveniram a diarreia pós-desmame.

O Brasil é um dos maiores produtores e exportadores de carne do mundo. A demanda pelo produto é alta, sendo as carnes de frango, bovina e suína as preferidas dos consumidores. Essa última, considerada a fonte de proteína animal de maior consumo no mundo, passa atualmente por processos para melhorar sua qualidade e reduzir o risco de deterioração.

Maicon Sbardella
Inclusão do lúpulo na dieta do animal aumentou o ganho de peso

Na cadeia produtiva da carne suína, o período imediatamente após o desmame é marcado pela limitada capacidade de digestão de alimentos e absorção de nutrientes, anorexia, diarreia e reduzida taxa de crescimento. A carne suína, também é considerada altamente susceptível à oxidação lipídica, sendo este um dos fatores mais importantes no processo de deterioração da carne e com efeito negativo para a saúde dos consumidores.

Lúpulo

“O lúpulo possui uma grande diversidade de metabólitos secundários com propriedades funcionais, anti-inflamatórias, antioxidantes e contra doenças relacionadas ao estilo de vida. Os ß-ácidos, uma fração dos metabólitos secundários do lúpulo, utilizados nesta pesquisa demonstraram ser eficientes em melhorar o desempenho de leitões recém-desmamados quando em substituição aos antibióticos sintéticos nas dietas dos animais”, comenta Sbardella.

A pesquisa orientada pelo professor Valdomiro Shigueru Miyada, do Departamento de Zootecnia, obteve resultados positivos. “A inclusão do lúpulo na dieta do animal aumentou o ganho de peso, além de reduzir o conteúdo de gordura da carne dos leitões. As altas inclusões preveniram também a diarreia pós-desmame”, conta o pesquisador.

Além de os ß-ácidos não afetarem os atributos físicos da carne (cor, pH, capacidade de retenção de água e dureza), houve uma redução de até 16,20% do conteúdo de gordura, aumento de 1,95% do conteúdo de proteína, e 23,31% de redução da oxidação de gordura. “O processo de oxidação da gordura da carne é um dos principais responsáveis pela deterioração da carne, sendo facilmente reconhecido no dia a dia pelo odor de ranço”, explica Maicon. “O composto do lúpulo apresentou grande eficácia em relação aos resultados observados com o uso de antibiótico sintético na melhoria do desempenho dos animais” conclui o pesquisador.

Ana Carolina Brunelli, da Assessoria de Comunicação da Esalq

Saiba mais no Caderno Agro

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Documento sem título
Considere contribuir com nosso trabalho

Últimas no FarolCom

Veja também

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest