Contribua   Assine   ou Acesse nossa campanha no Apoia-se

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA
Instituto Eu Quero Viver
segunda-feira, 18 março, 2013 23:14

Sebrae Minas capacita produtores na XVIII Fenicafé

Assista ao Vivo

+ Fenicafé

Álbum no Flickr

Programação Fenicafé 2013

Visite o site

Veja também:
Agrishow 2012
Expozebu 2012

Instituição promove oficinas, palestra e orientação técnica na maior feira brasileira de irrigação e tecnologia do setor

O Sebrae Minas vai realizar workshops sobre região produtora, mercado, qualidade e certificações durante a XVIII Fenicafé – Feira Nacional de Irrigação em Cafeicultura, entre os dias 20 e 22 de março, em Araguari, Minas Gerais. Também vai promover, dia 22, a palestra Desafios pontuais nos custos de produção de café, com o analista de Agronegócios da instituição, Rogério Fernandes.

A Fenicafé é a maior feira brasileira de irrigação e tecnologia da cadeia produtiva do café. Tem público médio de 20 mil pessoas e reúne cerca de 90 expositores. É um evento sem fins lucrativos, criado e organizado pela Associação dos Cafeicultores de Araguari – ACA, que integra à Federação dos Cafeicultores da Região do Cerrado Mineiro. O objetivo é discutir tecnologias para aumentar a produtividade e reduzir os custos de produção, com eficiência no uso da água, energia, insumos e preservação do meio ambiente.

O Sebrae Minas atua no setor cafeeiro na Região do Cerrado Mineiro há mais de 10 anos. A instituição coordena o Programa Café da Região do Cerrado Mineiro, formado por três projetos: Certificação Fair Trade, Educampo e Desenvolvimento e Promoção da Origem Cerrado Mineiro. Por meio deles o Sebrae oferece capacitação e assistência gerencial aos produtores, acesso facilitado a certificações que propiciam a melhoria da qualidade do produto e dos processos e estímulo à internacionalização do grupo.

A região, além de ser uma das principais produtoras do país, é referência internacional em qualidade. Atualmente, cerca de 70% da produção - estimada em seis milhões de sacas (60 kg) - é exportada para países da Europa e da Ásia e Estados Unidos. O grão é beneficiado na região e enviado para fora do Brasil ainda verde, sem passar pelo processo de industrialização.

Indicação geográfica
Com o apoio do Sebrae Minas, a Região do Cerrado Mineiro se tornou a primeira região produtora de café do país a conquistar a Indicação de Procedência, em 2005. A parceria da instituição com as entidades representativas dos produtores na região resultou em mais uma conquista: o pedido de Denominação de Origem (DO) junto ao INPI (Instituto Brasileiro de Propriedade Industrial).

A DO é a versão mais sofisticada e completa das certificações com este fim, pois determina a região de procedência de 100% da matéria-prima, as características e a qualidade da produção. Apenas o arroz produzido no litoral norte gaúcho possui esta certificação no Brasil.

Assessoria de Imprensa Sebrae Minas

Veja mais Fenicafé 2013

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Documento sem título
Considere contribuir com nosso trabalho

Últimas no FarolCom

Veja também

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest