Contribua   Assine   ou Acesse nossa campanha no Apoia-se

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA

| Dengue, Zika e Chikungunya no Caderno Saúde |
A sociedade mobilizada para vencer essa luta

Instituto Eu Quero Viver
quinta-feira, 3 janeiro, 2013 10:52

Anastasia destaca o programa Mães de Minas

Gil Leonardi

“O Mães de Minas é um dos projetos sociais mais importantes de meu Governo que tem por objetivo cuidar bem das gestantes e das crianças recém-nascidas. É o acompanhamento permanente de todas as gestantes do nosso Estado para que depois, uma vez nascida a criança, no seu primeiro ano de vida também haja esse acompanhamento, através da orientação médica e, é claro, de todas as necessidades que a criança possa ter. Nós sabemos que o instinto maternal é algo fortíssimo e nós queremos ajudar cada vez mais que as nossas crianças nasçam bem e tenham um futuro mais promissor” - Antonio Anastasia

Governador, o Mães de Minas está mudando a vida dos novos mineiros e mineiras, garantindo um atendimento mais humanizado às gestantes e aos recém-nascidos. Como é que o Governo de Minas vem cuidando desse projeto, governador?

Antonio Anastasia: Esse é um dos projetos sociais mais importantes de meu Governo. O Mães de Minas é um projeto que tem por objetivo cuidar bem das gestantes e das crianças recém-nascidas até um ano de idade. E é um acompanhamento meticuloso, cuidadoso, através, inicialmente, de um call center, o número telefônico 155, que cadastra – e esse cadastro é gratuito – todas as gestantes de nosso Estado. A partir de então, haverá um acompanhamento para evitar que a gravidez tenha problemas e ‘sustos’, fazendo com que os imprevistos passam ser cuidados e que haja, de fato, a realização daqueles exames pré-natais que são determinados pela orientação médica. Ou seja, o Mães de Minas é o acompanhamento permanente de todas as gestantes do nosso Estado para que depois, uma vez nascida a criança, no seu primeiro ano de vida, também haja esse acompanhamento através da orientação médica e, é claro, de todas as necessidades que a criança possa ter. Inclusive, um kit é dado a cada mãe, a cada gestante, exatamente para dar esse estímulo do cuidado. Nós sabemos que o instinto maternal é algo fortíssimo e nós queremos ajudar cada vez mais que as nossas crianças nasçam bem e tenham um futuro mais promissor.

A rede já conta com cerca de 36 mil cadastros, governador. Quais são os próximos passos a partir de agora nesse programa?

Antonio Anastasia: O objetivo é nós aumentarmos ainda mais. Nós temos 36 mil gestantes cadastradas. Queremos ter um cadastramento completo e para isso é muito importante que as pessoas saibam da existência do programa Mães de Minas, se informem e, é claro, participem dele. Fiquem muito atentos com as recomendações dadas, através do telefone 155, que é o call center que dá a orientação. Nós temos lá médicos e especialistas; todo o tipo de orientação é dada, e as pessoas são direcionadas para as unidades de saúde onde serão feitos os exames pré-natais. Então o objetivo agora é ter um atendimento completo em todo o Estado para todas as nossas gestantes e todas as crianças recém-nascidas de até um ano de idade.

Os pais também são agentes importantes no processo de formação do bebê, não é mesmo, governador?

Antonio Anastasia: É verdade. Além da mãe, a figura do pai é muito relevante. O Estado está fazendo agora uma cartilha, chamada Cartilha dos Pais, exatamente para orientar, estimular e ajudar. Nós sabemos que nos primeiros meses, nos primeiros anos de formação da pessoa, a questão afetiva é relevantíssima na formação do temperamento, do caráter, das características dessa criança e depois do jovem e do adulto. Por isso, é muito importante a participação de toda a família com carinho, com amor. E a responsabilidade do Estado é em fornecer os meios para que a saúde seja sempre bem cuidada e acompanhada.

Fonte: Superintendência de Imprensa do Governo de Minas Gerais

Índice

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Documento sem título
Considere contribuir com nosso trabalho

Últimas no FarolCom

Veja também

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest