Contribua   Assine   ou Acesse nossa campanha no Apoia-se

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA

| Dengue, Zika e Chikungunya no Caderno Saúde |
A sociedade mobilizada para vencer essa luta

Instituto Eu Quero Viver
quinta-feira, 2 maio, 2013 10:00

Beatificação de Nhá Chica e turismo religioso

Gil Leonardi
 

Veja o que mais publicamos sobre Nhá Chica

 

 

“Tenho certeza de que Baependi que já é, hoje, um destino importante – já que o santuário de Nhá Chica recebe milhares de turistas religiosos ao longo do ano – agora, com a beatificação de Nhá Chica, será ainda mais fortalecida e um destino ainda mais robusto”. - Antonio Anastasia

Governador, grande parte da história de Minas Gerais foi construída sobre a religiosidade, que ajudou a formar a identidade cultural do povo mineiro. Depois de mais de 300 anos de história, neste próximo final de semana, Minas Gerais vai celebrar a beatificação de uma mineira. Qual a importância disso para o nosso estado, governador?

Antonio Anastasia: É uma grande alegria. Na realidade, nós teremos, no próximo sábado, a cerimônia de beatificação da querida e tão festejada Nhá Chica, na cidade de Baependi. É muito importante, porque nós sabemos que Minas Gerais, como há pouco foi dito, é um estado caracterizado pela religião de suas pessoas. O povo mineiro é um povo religioso, independente da sua crença. As diversas crenças são todas respeitadas, as religiões todas têm a sua grande importância e, durante muitos séculos, Minas Gerais se desenvolveu exatamente sobre a grande influência da religião cristã. E nós temos agora essa grande oportunidade de ter uma filha de Minas, nascida muito humilde, muito pobre na cidade de São João del-Rei, mas que fez toda a sua vida no município de Baependi, no Sul de Minas, uma vida dedicada ao amor ao próximo, à devoção a Nossa Senhora da Conceição, à devoção aos mais pobres, só fazendo o bem. Nhá Chica, durante o século XIX, foi uma grande referência de uma pessoa boa no sentido amplo dessa expressão. E agora, reconhecidos já os seus milagres, o grande trabalho que realizou e também a devoção das pessoas que vão a Baependi pedir a sua proteção, houve o reconhecimento pelo Vaticano da beatificação. Ou seja, Nhá Chica passa a ser a primeira mineira, nascida em nosso território, de uma família humilde, a ser beatificada, em um passo para também obter em mais algum tempo o título de santa. Portanto, é um grande momento de festejo, de comemoração, especialmente para aqueles que têm uma devoção não só na Nhá Chica, mas a devoção, de acordo com cada credo, ao espírito, de tal modo que nós tenhamos sempre a religião como parte do nosso dia a dia, fazendo o bem e ajudando ao próximo.

Governador, com essa celebração feita pelo Vaticano, Baependi entra ainda mais forte na rota do turismo religioso no Brasil. O que o Governo de Minas tem feito em relação a esse importante setor do turismo em nosso estado?

Antonio Anastasia: Bem, como eu disse há pouco, Minas Gerais é um estado muito caracterizado pela história da religião, e a trajetória da nossa identidade cultural, da igreja, especialmente da Igreja Católica. Nós temos cerca de 60% do patrimônio histórico brasileiro no território de Minas Gerais. Temos aqui Igrejas reconhecidas internacionalmente. Ouro Preto, a antiga capital, chamada então Vila Rica, é um patrimônio da humanidade, como também o é Diamantina. Nós temos tantas cidades históricas e Baependi é uma delas, é uma cidade que fica muito reverenciada juntamente com o Santuário da Serra da Piedade, com Mariana e outras tantas cidades mineiras, dentro dessa rota ou desse roteiro da religião cristã, católica, de modo especial. Tenho certeza de que a cidade que já é, hoje, um destino importante – já que o santuário de Nhá Chica recebe milhares de turistas religiosos ao longo do ano – agora, com a beatificação, será ainda mais fortalecida e um destino ainda mais robusto.

Além disso, governador, Baependi fica também em uma outra região turística muito rica, o Circuito das Águas, não é mesmo?

Antonio Anastasia: É verdade. Baependi está a dez quilômetros da cidade de Caxambu, uma das principais cidades do Circuito Turístico das Águas de Minas Gerais. Ao longo dos últimos anos, nós temos nos esforçado muito no governo para fazer a restauração dessas instâncias hidrominerais. Em Caxambu, por exemplo, nós restauramos o antigo balneário, um prédio histórico, do início do século passado, que foi restaurado nos seus detalhes e em todo o seu esplendor, e que está em funcionamento para receber os turistas. E, da mesma forma, tivemos a oportunidade também em Caxambu de voltar a comercializar as águas minerais de grande valor medicinal e excelente valor nutritivo. As águas de Caxambu, de Cambuquira, de Araxá e Lambari são uma grande riqueza que temos em Minas Gerais. E Baependi está próximo dali. Tenho certeza, portanto, que o turista que vier apresentar a sua devoção e o seu respeito a Nhá Chica em Baependi terá a oportunidade de conhecer a essas outras belas cidades do nosso circuito histórico e do turismo hidromineral, como São Lourenço, Caxambu, Cambuquira e Lambari, e certamente provar das delícias gastronômicas e experimentar a cura pelas águas.

Estão todos então convidados para conhecer a região, governador?

Antonio Anastasia: Com certeza, estão todos convidados e em especial para a cerimônia de beatificação também no próximo dia 4 de maio, às 15 horas, em Baependi.

Fonte: Superintendência de Imprensa do Governo de Minas Gerais

Índice

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Documento sem título
Considere contribuir com nosso trabalho

Últimas no FarolCom

Veja também

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest