Contribua   Assine   ou Acesse nossa campanha no Apoia-se

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA

| Dengue, Zika e Chikungunya no Caderno Saúde |
A sociedade mobilizada para vencer essa luta

Instituto Eu Quero Viver
quinta-feira, 11 julho, 2013 10:40

Desenvolver o turismo de negócios em Minas

Gil Leonardi

“Nós temos mais de 60% do patrimônio histórico e cultural do Brasil, temos uma gastronomia extremamente rica, temos riquezas naturais que são aplaudidas, temos um povo hospitaleiro, carinhoso e manifestações culturais de todas as naturezas. Mas é fundamental termos equipamentos, os instrumentos para recebermos os turistas, não só os aeroportos, os hotéis, restaurantes e pousadas, mas também equipamentos como esses centros de convenções para a realização de grandes eventos” - Antonio Anastasia

A gente começa aqui mais um programa Palavra do Governador, uma conversa semanal com o governador Antonio Anastasia sobre os temas que interessam a Minas e aos mineiros. Como vai governador, trabalhando muito?

Antonio Anastasia: Muito, com muita disposição por Minas e pelos mineiros.

Governador, o senhor inaugurou recentemente o Expominas de Teófilo Otoni. Esse é o quarto centro de convenções implantado pelo Governo de Minas, e há o projeto de um quinto. Fala pra gente sobre esses centros de convenções e a importância deles para a economia das cidades e regiões beneficiadas.

Antonio Anastasia: É verdade. Inauguramos recentemente em Teófilo Otoni um grande Expominas, que leva o nome do saudoso deputado Aécio Cunha, e é um grande centro de convenções e de exposições. É o quarto porque já temos um Expominas aqui na nossa capital, Belo Horizonte, temos um em Juiz de Fora e outro em Araxá, e teremos um daqui em instantes em São João del-Rei, além de projetos para alguns no Sul de Minas e no Norte do Estado. Eu gostaria de dizer que esse de Teófilo Otoni é um centro muito importante. Aquela região do Mucuri, no Leste de Minas Gerais, é uma região com grande potencialidade econômica, especialmente em relação às pedras preciosas, à produção de granito e à produção agropecuária, além também de ser um grande polo educacional. A construção, portanto, desse Expominas lá permitirá a realização de eventos não só de turismo e de negócios, mas também de eventos da própria comunidade, e tenho certeza que com a infraestrutura que foi criada, o grande salão, o auditório para mais de mil pessoas, as diversas áreas de convivência, a possibilidade de um centro de exposições moderno, climatizado, vai levar para Teófilo Otoni, capital do nosso Mucuri, não só eventos, mas, sobretudo conforto e segurança para pessoas que lá correrem em busca da realização de seminários, congressos e eventos dessa natureza, e, é claro, que a instalação de um equipamento dessa natureza em uma cidade é muito importante, porque é mais uma alternativa econômica para o desenvolvimento da sua realidade local.

Governador, outra novidade é a expansão do Expominas em Belo Horizonte para agregar o parque de exposições da Gameleira. Como é que é esse projeto?

Antonio Anastasia: Na realidade, nós temos, como eu falava há pouco aqui em Belo Horizonte, capital do Estado, um grande Expominas, foi concluído há alguns anos atrás. É um grande centro de exposições, mas nós precisamos centro ainda maior de convenções aqui. Já temos alguns, como o Minascentro, por exemplo, mas é preciso mais. Belo Horizonte tem uma grande vocação para o turismo de negócios, especialmente em razão da sua localização de central do Brasil, da infraestrutura que já temos. Então, a proposta que está sendo realizada, por meio de uma parceria público-privada, ou seja, uma junção de esforços do governo e também do setor privado, mas no sentido de nós termos uma expansão do Expominas, um centro de negócios, um centro de convenções, um grande auditório para quatro a cinco mil pessoas, salas de multiuso para a realização de grandes congressos. Tenho certeza que a construção desse equipamento, em parceria com o setor privado, vai brindar Belo Horizonte e Minas Gerais com mais uma instalação apta a dar sustentação a esse turismo de negócios tão importante nos dias de hoje, inclusive para nosso Estado.

Interessante esse assunto, governador, porque falta menos de um ano para a Copa do Mundo de 2014, um evento de grande atratividade internacional. Esses centros de convenções são importantes para consolidar o turismo em Minas?

Antonio Anastasia: Sim, são fundamentais. Minas Gerais tem já uma grande potencialidade para o turismo. Nós temos mais de 60% do patrimônio histórico e cultural do Brasil, temos uma gastronomia extremamente rica e diversificada, temos riquezas naturais que são aplaudidas, temos um povo hospitaleiro e carinhoso, além de manifestações culturais de todas as naturezas. Mas é fundamental termos equipamentos, os instrumentos para recebermos os turistas, não só os aeroportos, os hotéis, restaurantes e pousadas, mas também equipamentos como esse Expominas, ou seja, centro de convenções para a realização de grandes eventos que unam algumas milhares de pessoas. Congressos na área médica, na área jurídica, nas áreas técnicas, congressos de clubes de serviço, como o Rotary, o Lions, congressos que unem diversos profissionais. Todos esses eventos atraem não só o turismo de negócios, mas também os seus familiares, isso movimenta o dinheiro, por isso é importante. Já temos em Belo Horizonte, temos recentemente em Juiz de Fora, temos em Araxá, temos agora em Teófilo Otoni, São João del-Rei já está em licitação, teremos também no Sul de Minas, teremos no Norte do Estado. Tenho certeza que essa rede de Expominas vai dar importante sustentação ao turismo de negócios no nosso Estado, que é uma fonte importante, com eu disse, de gerar empregos e renda.

Que bom, governador! Muito obrigado mais uma vez pela participação do senhor.

Antonio Anastasia: Eu que agradeço a oportunidade. Muito obrigado!

Fonte: Superintendência de Imprensa do Governo de Minas Gerais

Índice

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Documento sem título
Considere contribuir com nosso trabalho

Últimas no FarolCom

Veja também

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest