Contribua   Assine   ou Acesse nossa campanha no Apoia-se

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA

| Dengue, Zika e Chikungunya no Caderno Saúde |
A sociedade mobilizada para vencer essa luta

Instituto Eu Quero Viver
quinta-feira, 1 agosto, 2013 10:32

Indicadores para o planejamento da gestão em Minas

Gil Leonardi

“Anualmente, o Governo de Minas edita, de maneira pioneira no Brasil, o Caderno de Indicadores, que é um grande raio-X sobre tudo o que ocorre em relação aos programas e projetos desenvolvidos pelo Estado. Lá estão os números da educação, da segurança pública, da saúde, da infraestrutura, da agricultura, da área econômica, mostrando o que nós alcançamos, como alcançamos, as áreas que estão bem, as áreas que ainda estão regulares e aquelas que merecem uma atenção especial.” - Antonio Anastasia

Governador, o tema do nosso programa hoje é o Caderno de Indicadores, publicação anual que apresenta indicadores e resultados das políticas públicas desenvolvidas pelo Governo do Estado. Fala pra gente sobre esse Caderno, que já está em sua quinta edição.

Antonio Anastasia: Na verdade, essa é uma iniciativa do Governo de Minas baseada principalmente no êxito da nossa experiência de planejamento. Durante muitos anos, acompanhamos a necessidade de aprimorarmos a gestão pública em Minas e no Brasil. Para isso, precisamos ter números, indicadores, metas, resultados que serão estimados para alcançar. E assim, realizamos um planejamento muito sólido, em parceira com o setor privado e com a sociedade civil. Esse planejamento apresentou bons frutos e é claro que nós temos de apresentar à sociedade mineira o que aconteceu durante esse período. Nos últimos cinco anos, a cada ano o Governo de Minas edita, de maneira pioneira no Brasil, o chamado Caderno de Indicadores, que é um grande raio-X, um amplo diagnóstico sobre tudo o que ocorre em relação aos programas e projetos desenvolvidos pelo Estado. Lá estão os números da educação, da segurança pública, da saúde, da infraestrutura, da agricultura, da área econômica, mostrando o que nós alcançamos, como alcançamos, as áreas que estão bem, as áreas que ainda estão regulares, as que merecem uma atenção especial. Então é um grande diagnóstico da ação do Governo do Estado, mas com base em estatísticas - não em questões subjetivas, mas em dados numéricos que demonstram o estágio que alcançamos e o que conseguimos desenvolver em Minas Gerais.

A edição de 2013 do Caderno de Indicadores, que está sendo lançada por meio desse programa Palavra do Governador de hoje, traz quais novidades, governador?

Antonio Anastasia: O nosso grande objetivo é a apresentação desse conteúdo de indicadores inclusive através do Portal Minas em números. O que eu poderia destacar como maior novidade é esse esforço imenso que estamos realizando em Minas Gerais para dar transparência e conhecimento a todas as pessoas daquilo que o Governo realiza, e, mais do que isso, daquilo que Minas Gerais tem, quais são as nossas potencialidades, quais são as nossas riquezas e onde estão os nossos pontos fortes a serem explorados - até para trazermos mais empresas, empregos e desenvolvimento para Minas Gerais. Os indicadores, portanto, são muito positivos nesses aspectos. E o portal Minas em Números permite que aquele usuário que acessa esse site tenha acesso também a outras informações. Nós conseguimos realizar, ao longo dos últimos anos, um quadro muito amplo da realidade do nosso Estado em termos de dados dos municípios, em dados relativos às nossas regiões, aos dados econômicos de cada cidade mineira e também de inclusão social. Então é esse o nosso grande esforço. E é claro que ao longo desses últimos anos, o Caderno de Indicadores foi se aprimorando e o que nós temos, hoje, são indicadores muito positivos. Eu gosto – respondendo à sua indagação objetivamente – de responder sobre os dados da educação, que são aqueles que apostam mais no futuro dos mineiros, que garantem o grande valor que damos aos nossos professores, todos os servidores da área da educação, os profissionais da educação, os pais dos nossos alunos e, fundamentalmente, a comunidade escolar. Todas estas pessoas colocam Minas Gerais no primeiro lugar no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), o indicador federal do Ministério da Educação sobre a qualidade do ensino no Brasil.

Governador, o senhor citou o portal Minas em Números. Do que se trata esse portal, como ele foi construído e o que os cidadãos poderão encontrar nele?

Antonio Anastasia: O objetivo do Portal Minas em Números é exatamente dar transparência, conhecimento sobre as diversas propostas apresentadas pelo Governo do Estado, e, mais do que isso, os dados da realidade dos quadros de Minas Gerais. Ali nós temos links para o Portal da Transparência, para a Ouvidoria-geral do Estado, para as diversas secretarias de Estado, ou seja, toda a demonstração de informações que são úteis não só para o cidadão acompanhar e fiscalizar o Governo, mas também para ele usar em suas pesquisas, identificar oportunidades de negócios e investimentos em Minas Gerais e, é claro, para conhecer plenamente a realidade de nosso Estado.

Você pode acessar o Portal Minas em Números pelo site www.numeros.mg.gov.br.

Fonte: Superintendência de Imprensa do Governo de Minas Gerais

Índice

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Documento sem título
Considere contribuir com nosso trabalho

Últimas no FarolCom

Veja também

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest