Contribua   Assine   ou Acesse nossa campanha no Apoia-se

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA

| Dengue, Zika e Chikungunya no Caderno Saúde |
A sociedade mobilizada para vencer essa luta

Instituto Eu Quero Viver
terça-feira, 23 outubro, 2012 13:42

Portal Mais Emprego, incentivo à cultura e Luz para Todos

planalto.gov.br

Presidenta Dilma conversa em sua coluna semanal sobre Portal Mais Emprego, democratização e leis de incentivo à cultura e Programa Luz para Todos.

Ana Carolina Lins, 22 anos, desempregada de São Paulo (SP) – Gostaria de perguntar para a presidenta Dilma se o governo dispõe de algum tipo de serviço para que as pessoas que ficarem desempregadas saibam onde há vagas em sua região. Estou desempregada e seria interessante consultar, por exemplo, pela internet, se tem vaga em alguma empresa.

Presidenta Dilma – Ana Carolina, nós já temos, desde setembro de 2011, um sistema assim, para que pessoas que estejam desempregadas possam encontrar uma oportunidade de emprego. Trata-se do Portal Mais Emprego, que apresenta pela internet informações de vagas disponíveis na rede do Sistema Nacional de Emprego (Sine) em todo o Brasil. Há mais de 1,2 milhão de empresas cadastradas, que oferecem uma média de 70 mil postos de trabalho por mês. Por intermédio do portal http://maisemprego.mte.gov.br o trabalhador pode cadastrar-se, atualizar suas informações, inclusive suas experiências e pretensões profissionais, e verificar as vagas de emprego. De janeiro a setembro deste ano, 549.663 trabalhadores já conseguiram emprego por meio do sistema Mais Emprego em todo País. Em 2011, mais de um milhão de pessoas foram atendidas por este sistema. A idéia do governo federal, ao criar o Portal Mais Emprego, foi facilitar a busca de uma nova oportunidade. Mas quem preferir o atendimento pessoal, pode se dirigir à unidade do Sine mais próxima de sua casa.

Lenir Boldrin, 47 anos, gestor cultural em Sorriso (MT) - Gostaria de saber se, tanto quanto a senhora acredita no fim da pobreza e na luta democrática, a senhora desenvolve projetos que possibilitem a democratização da cultura e um melhor uso das leis de incentivo.

Presidenta Dilma – Sim, Lenir, ao longo dos últimos anos, temos desenvolvido programas, projetos e ações para democratizar a produção e o usufruto de bens culturais, com respeito à diversidade cultural brasileira. Já contratamos a construção de 360 Praças dos Esportes e da Cultura, em todos os estados brasileiros, inclusive na sua cidade. Essas Praças fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento, o PAC, e integram, em um mesmo espaço físico, ações culturais, esportivas e de lazer, além de qualificação para o mercado de trabalho, serviços sócio-assistenciais, políticas de prevenção à violência e inclusão digital. Também destaco os 3.703 Pontos de Cultura que já implantamos em todo o Brasil. Em relação à legislação de incentivo, ainda no governo do ex-presidente Lula, encaminhamos ao Congresso Nacional o Projeto de Lei nº 6.722/2010, que revisa a atual Lei Rouanet, com inovações para desconcentrar os recursos e beneficiar mais brasileiros e mais manifestações culturais. Enquanto a nova lei não é aprovada pelo Congresso, estamos aperfeiçoando a gestão da atual Lei Rouanet, implementando o Programa Nacional de Apoio à Cultura, o Pronac, de forma mais democrática. Trabalhamos continuamente, Lenir, para ampliar e democratizar tanto a produção cultural quanto o acesso dos brasileiros à cultura em todo país.

Antonio Santos, 18 anos, estudante de Licínio de Almeida (BA) – Moro na Fazenda Serra do Salto, na comunidade de Riacho Fundo, no município de Licínio de Almeida, na Bahia. Eu queria saber se ainda posso ter a esperança de algum dia chegar energia elétrica na minha casa e na dos meus vizinhos.

Presidenta Dilma – Pode sim, Antônio. O programa Luz para Todos já levou energia elétrica a 18 residências da sua comunidade e também chegará à sua família. No seu município, o Programa Luz para Todos já beneficiou 478 famílias, ou quase duas mil pessoas, com investimento de R$ 3,4 milhões. Em todo o estado da Bahia, estamos próximos de atingir a marca de 500 mil famílias beneficiadas com a chegada da luz: até setembro deste ano foram realizadas 494 mil ligações, envolvendo investimento do governo federal superior a R$ 2,2 bilhões. Em todo o Brasil, o Programa Luz para Todos já atendeu quase três milhões de famílias, o que significa que estamos conseguindo realizar o sonho de universalizar o acesso à luz no Brasil. Ainda temos muitas ligações a fazer, como em sua comunidade, e perseguimos o desafio de levar energia elétrica para as pessoas que moram em lugares de acesso mais difícil e em áreas isoladas. Por isso prorrogamos o Programa até dezembro de 2014.

Fonte: Secretaria de Imprensa da Presidência da República|Departamento de Relacionamento com a Mídia Regional
[foto: Arte sobre fotos de Roberto Stuckert Filho/PR e José Cruz/ABr]

Índice

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Documento sem título
Considere contribuir com nosso trabalho

Últimas no FarolCom

Veja também

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest