Contribua   Assine   ou Acesse nossa campanha no Apoia-se

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA

| Dengue, Zika e Chikungunya no Caderno Saúde |
A sociedade mobilizada para vencer essa luta

Ambiente | Energia | Lixo | Água | Mariana

Ecopontos, Feiras-Livres e outros serviços em Uberlândia
sábado, 24 janeiro, 2015 - 19h40

Ligação entre Bacia do Paraíba do Sul e Cantareira é incluída no PAC

   
Arquivo/Agência Brasil
São Paulo receberá R$ 2,6 bilhões para novo sistema de abastecimento de água

Uma das principais obras para reforçar o abastecimento de água no estado de São Paulo passará a fazer parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

O Comitê Gestor do PAC aprovou a inclusão, na carteira do programa, do canal entre as represas Jaguari, no Rio de Janeiro, e Atibainha, em São Paulo.

Com investimento estimado em R$ 830,5 milhões, o empreendimento liga a Bacia do Rio Paraíba do Sul (da qual faz parte a represa Jaguari) ao Sistema Cantareira (do qual faz parte o reservatório de Atibainha). A obra será executada pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp).

De acordo com o Ministério do Planejamento, responsável pelo Comitê Gestor do PAC, a transposição aumenta a oferta de água no Cantareira em 5,1 metros cúbicos por segundo. A obra beneficia toda a região metropolitana da capital paulista.

Essa é a segunda ação tomada pelo governo federal em menos de dois meses para enfrentar a crise hídrica em São Paulo. No início de dezembro, a presidenta Dilma Rousseff e o governador Geraldo Alckmin assinaram acordo para a construção de um novo sistema de abastecimento de água para a Grande São Paulo.

Orçado em R$ 2,6 bilhões, o Sistema Produtor São Lourenço captará água no rio de mesmo nome. O empreendimento será financiado por meio de parceria público-privada, com parte dos recursos coberta pelo Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Previsto para ser concluído em 2017, o projeto beneficiará 1,5 milhão de pessoas em sete municípios na parte oeste da região metropolitana de São Paulo.

Agência Brasil

Saiba mais no Caderno Água

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Documento sem título
Considere contribuir com nosso trabalho

Últimas no FarolCom

Veja também

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest