Contribua   Assine   ou Acesse nossa campanha no Apoia-se

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA

| Dengue, Zika e Chikungunya no Caderno Saúde |
A sociedade mobilizada para vencer essa luta

Ambiente | Energia | Lixo | Água | Mariana

Ecopontos, Feiras-Livres e outros serviços em Uberlândia
domingo, 31 maio, 2015 - 23h33

Projeto Rios Voadores capacita professores do Amazonas

Patrocinada pela Petrobras, iniciativa promoverá oficinas sobre a Floresta Amazônica e a influência dela na geração de chuvas no Brasil

   

O projeto Rios Voadores, patrocinado pela Petrobras por intermédio do Programa Petrobras Socioambiental, capacitou professores da rede pública de ensino do Amazonas para que entendam a relação do deslocamento de massas de vapor d'água amazônico com a ocorrência de chuvas em outras regiões brasileiras.

Os primeiros encontros ocorreram nos dias 13 e 14 de maio, em Manaus. Nas cidades de Coari, Carauari e Tefé, as aulas acontecerão entre os dias 10 e 15 de junho.

A capacitação dos docentes manauaras foi realizada pelo doutor em oceanografia Caio Augusto Magalhães, no auditório do Centro Educacional de Tempo Integral Gilberto Mestrinho, no bairro Educandos, e no auditório CETI Áurea Braga, no bairro Compensa.

Sob coordenação do idealizador do projeto Rios Voadores, Gérard Moss, os encontros objetivaram difundir conhecimentos sobre o fenômeno e incentivar a preservação da floresta.

Agência Petrobras
O projeto Rios Voadores integra o Programa Petrobras Socioambiental desde 2007

O projeto Rios Voadores integra o Programa Petrobras Socioambiental desde 2007. Suas pesquisas começaram por ocasião de uma expedição aérea comandada por Gérard Moss, a bordo de um monomotor, para estudar como o desmatamento da Floresta Amazônica poderia afetar o clima no Brasil e alterar o ciclo das chuvas no país, principalmente nas regiões Sul e Sudeste.

“A floresta tem uma capacidade muito superior à do mar para devolver umidade à atmosfera. Uma árvore pode capturar até mil litros de água por dia. É máquina fantástica de bombeamento hídrico. A derrubada das árvores acarreta menos chuvas”, explicou Moss.

Programa Petrobras Socioambiental

Por meio do Programa Petrobras Socioambiental, a Petrobras investe em projetos de todo o país, com foco nas linhas de atuação Produção Inclusiva e Sustentável, Biodiversidade e Sociodiversidade, Direitos da Criança e do Adolescente, Florestas e Clima, Educação, Água e Esporte.

Agência Petrobras

Saiba mais no Caderno Água

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Documento sem título
Considere contribuir com nosso trabalho

Últimas no FarolCom

Veja também

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest