Holopraxis - Caminhos para o autoequilíbrio
Minas Gerais

Influenza A H1N1 (gripe suína) Procedimentos em Minas Gerais

sexta-feira, 1 maio, 2009 18:24

A respeito do enfrentamento da Influenza (Gripe) Suína em Minas Gerais, Secretaria de Estado de Saúde (SES) informa:

Em Minas Gerais existem, até o momento, seis casos notificados para a gripe suína, sendo três monitorados e três suspeitos. Dos pacientes suspeitos, um encontra-se internado no Hospital das Clínicas (HC) em Belo Horizonte; o outro no hospital Santa Rosália, em Teófilo Otoni e; a terceira, em sua residência no município de Santa Bárbara. Já os pacientes considerados como casos monitorados receberam alta e continuam sendo acompanhados em suas casas.

Em relação aos casos suspeitos, esclarecemos: o paciente que se encontra internado no HC é uma mulher, de 47 anos, que retornou de Nova York no dia 26/04, no aeroporto de Confins. Seus sintomas começaram, ainda nos Estados Unidos, no dia 23/04, permanecendo após sua chegada ao Brasil. O segundo paciente, uma mulher, 53 anos, chegou no Brasil no dia 25/04, vinda dos Estados Unidos, fazendo escala São Paulo/Rio de Janeiro. Permaneceu no Rio até o dia 28/04 quando chegou, por meio terrestre, ao município de Teófilo Otoni. Os sintomas começaram hoje, 30/04, quando deu entrada no Hospital Santa Rosália. Já o terceiro paciente suspeito, é outra mulher, 34 anos, que esteve na Espanha. Os sintomas da paciente começaram no dia 28/04.

Entende-se por caso monitorado aquele em que o paciente não preenche todos os critérios para a gripe suína, estabelecidos pelo Ministério da Saúde (MS), que são: febre alta superior a 38 graus, tosse e ter estado em área de risco ou em contato com pessoas que estiveram. Já os casos suspeitos são aqueles em que os pacientes preenchem os critérios estabelecidos pelo MS.

Os 20 kits contendo antivirais para o tratamento completo de 20 pacientes contra a gripe suína, disponibilizados pelo MS, chegaram na manhã desta quinta-feira. É importante salientar que o medicamento indicado para o tratamento da gripe suína, se tomado de forma indiscriminada e sem prescrição médica, pode tornar o vírus resistente.

Os epidemiologistas advertem que nesta época do ano os episódios de gripe comum aumentam e doenças respiratórias que possuem os mesmos sintomas da gripe suína surgem com maior freqüência. O cidadão não deve procurar atendimento em hospitais e unidades de saúde. O procedimento indicado para aqueles que estiveram em áreas de risco ou mantiveram contato com quem esteve e apresente sintomas da doença, é ligar para o 0800 283 2255, onde receberá todas as orientações necessárias. Já pacientes que apresentam sintomas comuns de gripe, e não se enquadram no critério citado acima, devem fazer repouso, tomar bastante líquido e procurar o atendimento médico caso os sintomas persistam. Para ligar para o 0800 é necessário que a chamada seja originada de um telefone fixo.

Foi oficialmente instalado, na tarde desta quinta-feira (30/04), o Comitê de Enfrentamento da Ameaça da Gripe Suína, que objetiva o comando unitário das ações em Minas Gerai, a partir das diretrizes do MS e Anvisa. Esclarecemos que o grupo que compõem o Comitê vem trabalhando desde a última segunda-feira (27/04).

Agência Minas


Seja mantenedor do Farol Comunitário - jornal web gratuito e livre de senhas. Pode ser qualquer valor e nós ficamos Muito Gratos. Para doar utilize o botão ao lado.

Rádio Web Viola Viva   Núcleo da Música   JanCom AgÊncia da Informação
-   -   -
     
-   -   -
    Anuncie aqui   Vídeos do Renato Cury

outros destaques:

Minas Gerais

Gripe Influenza A (H1N1) - Gripe Suína

Brasil no Google Maps

Grupos do Google
Participe do grupo Farol Comunitário
E-mail:
Visitar este grupo

no blog
Últimas do Farol no
Notícias no Google News Brasil