Contribua   Assine   ou Acesse nossa campanha no Apoia-se

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA

#zikazero | CLIQUE AQUI, SAIBA MAIS E PARTICIPE | #zikazero
A sociedade mobilizada para vencer a luta contra o mosquito

Instituto Eu Quero Viver
terça-feira, 3 janeiro, 2012 12:10

Fhemig alerta sobre acidentes domésticos no período de férias

 
 
     

Durante as férias é comum ocorrer internações e atendimentos de adultos e crianças que sofreram acidentes domésticos.

A coordenadora da Clínica Pediátrica do Hospital João XXIII, da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), Eliana de Souza, fala sobre os cuidados que podem prevenir acidentes graves, quando as crianças passam mais tempo em casa.

"Uma casa preparada para as crianças garante a segurança. Importante lembrar também que esses acidentes só ocorrem quando não há a presença de um adulto responsável por perto", diz.

A pediatra explica que vários desses cuidados se estendem a residências de pessoas idosas. "A infância e a fase idosa são os dois extremos da vida em que precisamos ter mais cuidados para evitar acidentes. O próprio organismo sofre alterações que deixam esses grupos mais frágeis".

Como evitar acidentes domésticos

- Não deixe sofás, camas e mesas próximos a janelas, pois as crianças podem subir facilmente.

- Tampe tomadas para evitar choques elétricos.

- Evite colocar toalhas grandes em mesas, pois podem ser puxadas.

- Não deixe remédios e brinquedos com partes pequenas ou pilhas ao alcance das crianças. Eles podem ser engolidos.

- Evite deixar crianças na cozinha e áreas de serviço. Fornos, cabos de panelas, ferros elétricos, tábuas de passar roupas e produtos de limpeza coloridos em embalagens de refrigerantes são locais que normalmente aguçam a curiosidade das crianças.

- No banheiro, deixe a tampa do vaso sanitário abaixada para evitar afogamentos. Crianças menores não têm controle total do pescoço e podem não conseguir levantar a cabeça sozinhas em caso de um acidente como esse.

via Agência Minas

Leia também:

Fhemig alerta sobre acidentes domésticos no período de férias

Quedas durante brincadeiras representam a terceira maior causa de morte infantil

Fogos de artifício não são brinquedo

Prudência e canja de galinha

Cuidado com as intoxicações alimentares

Cuidados com a alimentação nas festas de final de ano

Cuidado deve ser redobrado nas estradas nesta época do ano

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Documento sem título
Considere contribuir com nosso trabalho

Últimas no FarolCom

Veja também

Mapas do Triângulo

Meteorologia

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest