Contribua   Assine   ou Acesse nossa campanha no Apoia-se

Nossos sites

Parceiros

Expediente

Políticas do Portal

Contribua para manter o Parque Nacional Serra da Capivara | Patrimônio Mundial pela Unesco
GERAL CADERNO 1 CADERNO 2 CADERNO 3
CADERNO 4 BLOGS LINKS ÚTEIS METEOROLOGIA

| Dengue, Zika e Chikungunya no Caderno Saúde |
A sociedade mobilizada para vencer essa luta

Ecopontos, Feiras-Livres e outros serviços em Uberlândia
quinta-feira, 19 abril, 2012 22:35

Odelmo destaca importância da renegociação da dívida de Minas Gerais

 
 
 
Muriel Gomes/Secom PMU
 
   
  Odelmo Leão destacou ainda que o Pacto Federativo deve ser revisto  
     

Chefe do executivo destacou ainda que o Pacto Federativo deve ser revisto

O prefeito de Uberlândia, Odelmo Leão, participou, nesta quinta-feira (19), do Encontro Regional para Discussão da Dívida Pública dos Estados com a União.

O evento foi promovido pela Assembléia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), em parceria com a Federação das Indústrias do Estado (Fiemg) e com a Associação Mineira de Municípios (AMM). Uberlândia foi a segunda cidade a sediar o encontro.

O objetivo da reunião foi a interiorização do debate sobre a dívida do estado de Minas Gerais. O prefeito parabenizou a iniciativa, além de destacar que a Dívida deve ser revista e renegociada, assim o Estado poderá investir mais em setores que melhoram a qualidade de vida da população.

Odelmo Leão ressaltou ainda a importância da revisão do pacto federativo. “A revisão é necessária para que os municípios possam ter soberania para administrar as causas que são anseios do povo”, disse.

Durante o evento, foram apresentados os números da dívida de Minas Gerais. Em 2011, o valor chegou a R$ 58,6 bilhões, um crescimento de 294,8% em comparação com o débito depois da renegociação de 1998, que era de R$ 11,8 bilhões. O valor das dívidas de todos os Estados brasileiros com a União é de R$ 369,4 bilhões.

A Assembléia discute as condições do refinanciamento. “Estas condições têm que ser redesenhadas e a solução tem que ser rápida. O dinheiro pago à União poderia ser investido em saúde, educação, saneamento básico e outros itens”, afirmou o presidente da ALMG, Dinis Pinheiro, presente no evento.

Até o final de maio, outras oito cidades mineiras devem discutir o tema. Além de Minas Gerais, também estão na mesma empreitada os estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo.

via Secom PMU

Leia também o que já publicamos sobre Novo Pacto Federativo

Material jornalístico de uso livre segundo as atribuições específicas de cada fonte exceto quando especificado em contrário. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes, sempre devidamente identificados. Créditos das fotos devem ser preservados. Nenhuma das fontes mantém qualquer vínculo comercial ou de outra ordem conosco. Em caso de dúvida, consulte. Leia também nossos Termos de Uso e Serviço | Preços, prazos, links e demais informações podem sofrer alteração e correspondem ao dia em que o material foi publicado sendo de responsabilidade da fonte original.

Documento sem título
Considere contribuir com nosso trabalho

Últimas no FarolCom

Veja também

FarolCom no Twitter

FarolCom no Pinterest